Atrativos da cidade
Aventura, História, Diversidade Cultural, Natureza intocada

Aventura, Adrenalina e Muita Emoção


História do Brasil a Coluna Prestes

Em sua história, Mambaí foi palco de alguns acontecimentos históricos, entre eles podemos ressaltar à passagem da coluna prestes, movimento político-militar brasileiro desencadeado entre 1925 e 1927 que reivindicava melhorias como exigência do voto secreto, defesa do ensino público e a obrigatoriedade do ensino primário para toda população.Há relatos que por onde passavam eram temidos pois aconteciam Saques, estupros, assassinatos e outras atrocidades que deixavam a população aterrorizada. Ao saber da chegada dos arruaceiros, chamados de os "revoltosos", a população costumava fugir para se livrar das atrocidades cometidas pelos invasores. Aqui na cidade não foi diferente, grandes selvajerias foram cometidas em nossa cidade. Alguns afirmam que os confederados eram enviados na frente deles para provocarem o caos, de forma que a população os vissem como desordeiros e não como combatentes de uma causa. Isso divide a opinião, mas, o fato é que grandes atrocidades foram cometidas no então povoado de Ribeirão.

fonte:site da prefeitura Mambai

Diversidade Cultural


Por muito tempo, os ciganos mantiveram-se inacessíveis aos gadje (os não-ciganos). Motivos, tinham-nos de sobra para se portarem desta maneira. Afinal, foram séculos de perseguição, tortura, matança e difamação. Assim, famílias ciganas criaram rígidos códigos, cuja intenção era evitar o contato com o gadjo; quem descumprisse a regra era considerado impuro, passível inclusive de banimento do grupo. Os tempos são outros e a necessidade de se adequar às novas exigências do mercado, de fixar moradia, de entregar à escola a instrução dos filhos, de participar da vida política de um país (talvez bem distante de sua pátria original), tudo isso promoveu a aproximação dos ciganos com os gadje. Assim, O Livro que se entrega ao público - resultado da pesquisa em uma das maiores comunidades ciganas Calon do país - destaca-se, em especial, por três aspectos; pela abalizada explanação acerca da origem e dispersão do povo errante, até sua chegada às terras brasileiras; pelo inventário de palavras calon coletadas, algumas em primeira mão, e pela iniciativa de analisar fenômenos lingüísticos à luz dos princípios ecológicos, como preconiza o novo campo de investigação denominado Ecolingüística.

fonte:Livro 1ª ed 2005 176 p.

Espécie endêmica foi batizada em homenagem ao Grupo Boticário.

Um grupo de investigadores brasileiros descobriu uma nova espécie de peixe que vive só em cavernas e que corre perigo de extinção devido à destruição do seu habitat natural.

O "ituglanis boticário", descoberto numa gruta no estado central brasileiro de Goiás, é uma espécie carnívora de menos de 10 centímetros e com pouca pigmentação por causa do ambiente subterrâneo em que habita, indicou hoje a Fundação Grupo Boticário de Proteção da Natureza, instituição que financia o projeto.

Este animal do grupo dos troglóbios, adaptado à vida em cavernas subterrâneas, com olhos pequenos e bigodes, é natural da gruta da Tarimba, uma gruta situada na localidade de Mambaí, a cerca de 300 quilómetros a nordeste de Brasília.

fonte:https://g1.globo.com/goias/noticia/2015/02/nova-especie-de-peixe-e-descoberta-por-pesquisadores-em-mambai-go.html